Ações que pagam dividendos mensais: descubra quais são

Ações que pagam dividendos mensais são muito procuradas, especialmente por investidores que pretendem viver de dividendos. No entanto, são poucas as empresas que fazem o pagamento todos os meses. 

Por isso, quem pretende viver de renda por meio de ações precisa pesquisar as empresas listadas na Bolsa de Valores com atenção, para encontrar aquelas que cumprem os requisitos.

Vale lembrar, porém, que não é necessário escolher apenas empresas que pagam dividendos mensais. 

Se você montar uma carteira diversificada com empresas que costumam pagar dividendos em meses diferentes, isso talvez já garanta um fluxo de dividendos satisfatório.

Seja qual for o seu interesse, montamos este artigo para ajudá-lo na sua jornada rumo à independência financeira

Além de conhecer quais ações que pagam dividendos mensais, você também encontra algumas das melhores e maiores pagadoras de dividendos. 

Assim, é possível organizar uma carteira com uma agenda de dividendos balanceada. 

Vamos passar pelos seguintes tópicos:

  • Ações que pagam dividendos mensais: por que investir?
  • O que são dividendos
  • Conheça as ações que pagam dividendos mensais
  • As melhores pagadoras de dividendos
  • Como escolher as melhores ações para sua carteira?

Boa leitura!

Ações que pagam dividendos mensais: por que investir?

Por que investir em ações que pagam dividendos, ilustração

Ao investir em ações que pagam dividendos mensais na Bolsa de Valores, é possível gerar uma fonte de renda passiva. Isso é: receita que entra na sua conta todos os meses, sem que você precise investir tempo para gerá-la. 

Você já ouviu falar em “deixar seu dinheiro trabalhar por você”? É exatamente disso que estamos falando quando o assunto é renda passiva. 

Ao investir em empresas que pagam dividendos, você conta com uma remuneração periódica, que pode inclusive ser um complemento para seu salário e suas outras fontes de renda. 

Alguns investidores, que têm um grande patrimônio acumulado e já estão na chamada fase de usufruto, conseguem viver apenas desse tipo de renda. 

Assim, as ações que pagam dividendos mensais são um importante aliado no caminho para sua independência financeira. 

Mas vale lembrar: atingir um ponto onde você pode viver dos proventos de ações pode ser um processo demorado, exigindo foco, paciência e conhecimento.

Um dos cálculos mais comuns indica que é necessário acumular um patrimônio pelo menos 300 vezes maior à renda desejada para conseguir viver apenas da renda dos investimentos.

A seguir, vamos entender melhor o que, afinal, são os dividendos.

Banner baixar relatório de BDRs, ilustração

O que são dividendos

Antes de falar de ativos que pagam dividendos, vamos revisar o que isso significa. Lembre-se: nem toda empresa paga dividendos aos seus acionistas. Além disso, o método de pagamento varia muito de uma instituição para outra. 

O primeiro critério é gerar lucro, porque os dividendos são provenientes de parte do lucro da empresa, destinada à distribuição entre os acionistas. Empresas que dão prejuízo, portanto, não distribuem dividendos.

Cada empresa determina qual será a parcela distribuída. Afinal, o lucro também pode ser reinvestido no crescimento da empresa em questão. 

Assim, um dos maiores desafios para o investidor é encontrar os negócios que atingem um bom equilíbrio entre o pagamento de dividendos e o reinvestimento no desenvolvimento

Em geral, small caps e empresas que estão na fase de crescimento tendem a reter a maior parte dos lucros, enquanto empresas sólidas e maduras, que já alcançaram um grande market share, tendem a distribuir mais lucros.

Como funciona o pagamento de dividendos

As empresas listadas na B3, a Bolsa de Valores brasileira, costumam distribuir, no mínimo, 25% do seu lucro líquido com os investidores. 

O pagamento é realizado em dinheiro, e segue as seguintes etapas: 

  1. O Conselho de Administração da empresa revisa e aprova o pagamento de dividendos; 
  2. Então, o protocolo de aprovação é realizado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM); 
  3. É feita a divulgação das datas de pagamento, normalmente no site da empresa (sessão de Relação com os Investidores); 
  4. São publicadas as datas de ex-dividendos e de registro; 
  5. É realizado o pagamento dos dividendos.

Os pagamentos realizados serão debitados na conta do acionista automaticamente. Na Warren, eles entram diretamente na sua aba Trade.

Agenda de Dividendos

A agenda de dividendos é um calendário divulgado pelas empresas com todas as datas importantes para seus investidores.

Entenda melhor as datas na agenda de dividendos: 

  • Data de Registro: são registrados os acionistas que receberão os dividendos; 
  • Declaração: data na qual a empresa anuncia o pagamento; 
  • Data Com: limite para comprar a ação e ter direito aos proventos do período; 
  • Ex-dividendos: definição de quais acionistas receberão os proventos;
  • Data de pagamento: dia no qual os dividendos serão pagos. 

Dividendos mensais ou valores maiores?

As ações que pagam dividendos mensais nem sempre são as melhores opções para sua carteira. Isso porque é fundamental observar o valor distribuído pelas empresas ao longo do tempo. 

Além disso, também é importante ficar atento ao percentual de lucro distribuído em relação ao valor do ativo — essa relação é dada por meio do indicador pay out.

Como explicamos, é possível receber dividendos mensalmente através da diversificação. Isso é, investindo em diversas empresas com periodicidades distintas. 

O Dividend Yield é um importante indicador para quem está montando uma carteira com foco em dividendos. Essa é a proporção do valor recebido em proventos em relação ao preço da ação. 

Ações que pagam dividendos mensais

Descubra as ações que pagam dividendos mensais, ilustração

Agora você já entende melhor como montar uma carteira com base no pagamento de dividendos. Então, é hora de conhecer as ações que pagam dividendos mensais

Antes de falar das empresas, no entanto, é importante ter em mente que nem sempre a distribuição mensal de lucros é realizada através de dividendos.

Bonificações ou Juros Sobre Capital Próprio (JCP) são exemplos de proventos distribuídos aos acionistas. 

Enquanto os dividendos são isentos de IR, os JCP passam pela tributação de 15% na fonte. Mesmo assim, as empresas podem ter vantagens tributárias, de forma a preferir a distribuição de lucros por meio de dividendos ou de JCP, dependendo de cada caso.

Vale destacar, também, que devido à frequência dos pagamentos, as quantias costumam a ser menores.

Com isso em mente, confira ações que pagam dividendos mensalmente a seguir:

Banco Bradesco

O Banco Bradesco (BBDC3/BBDC4) paga proventos mensalmente através de JCP. O cronograma de pagamentos pode ser encontrado no site de Relacionamento com o Investidor da empresa.

As ações PN costumam a apresentar dividendos maiores quando comparadas com as ON. 

Quer aprender mais sobre esses dois tipos de ações? Veja nossos guias sobre isso: 

Banco Itaú

O Itaú (ITUB3 e ITUB4) distribui proventos mensais em forma de dividendos. 

O valor por ação é pago com base na posição do último pregão do mês anterior. Assim, o pagamento é efetuado no primeiro dia útil do mês subsequente ao mês de competência. O valor pago é referente à antecipação do resultado anual da empresa.

Em 2019, os dividendos mensais pago por ação foram de R$ 0,015. É possível conferir os valores no site de RI do Itaú.

Banco Banestes

O Banco Banestes (BEES3/BEES4) também realiza o pagamento de proventos através de JCP. Assim, vale lembrar que o valor será tributado em 15% no IR retido na fonte. Nesse caso, o valor pago é o mesmo para ações ON e PN. 

Além do JCP mensal, a empresa também paga dividendos semestralmente. Você pode encontrar todas as informações sobre os resultados no site de RI do Banestes

As melhores pagadoras de dividendos

As ações que pagam dividendos mensais, como vimos, nem sempre são as melhores opções para sua carteira. 

Uma estratégia comum ao montar um portfólio focado em dividendos é buscar empresas perenes e de setores diferentes — isso é, companhias estáveis e bem estabelecidas em seu setor. 

Veja alguns exemplos de empresas que tiveram boa performance em 2019 e são reconhecidas por serem grandes pagadoras de dividendos: 

  • Energia elétrica: Tran. Paulista (TRPL4)
  • Bancos: Banrisul (BRSR6)
  • Previdência: BB Seguridade (BBSE3)
  • Indústria: Metal Leve (LEVE3)
  • Financeiro: Itaúsa (ITSA4)

Vale notar que não se trata de uma recomendação de investimento, já que rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. 

Utilize essas informações com caráter educativo e informativo, para iniciar seus estudos, e não como uma recomendação de investimento.

Como escolher as melhores ações para sua carteira?

Como mencionamos, apenas avaliar o Dividend Yield não é uma boa estratégia se seu objetivo é montar uma carteira de investimentos eficaz e balanceada. 

Existem diversos critérios a serem avaliados. A seguir, você aprende mais sobre eles: 

  • Dividend Yield: percentual distribuído pela empresa em dividendos em relação ao preço atual da ação. Nesse indicador, você deve procurar por consistência. Isso é, pagamentos recorrentes ao longo dos anos
  • Taxa de Crescimento dos Lucros: esse é um bom indicador da sustentabilidade do pagamento de dividendos de uma empresa
  • Endividamento: dívidas podem apresentar problemas. Se o faturamento da empresa cair, por exemplo, a necessidade de pagamento das dívidas pode consumir os dividendos
  • Pay out: é um percentual que indica a quantidade do lucro líquido distribuído em forma de dividendos aos acionistas. Aqui, é importante entender o momento da empresa e procurar por consistência histórica

Observando esses quatro fatores e trabalhando em uma boa estratégia de diversificação, você provavelmente estará no caminho certo para montar uma carteira focada em dividendos.

Lembre-se, também, que o rebalanceamento periódico da sua carteira é muito importante. Afinal, o mercado financeiro é extremamente dinâmico, oferecendo oportunidades e riscos momentâneos, que devem ser considerados com atenção.

Vale notar, porém, que investir com base apenas nos dividendos não é uma unanimidade no mercado de ações. O professor Jurandir Sell Macedo, por exemplo, tem uma opinião diferente.

Afinal, dividendos são desejáveis? Confira a opinião de Jurandir Macedo

Conclusão sobre as ações que pagam dividendos mensais

Ações que pagam dividendos mensais, como vimos, nem sempre são as melhores opções para sua carteira. 

Até porque há poucas opções de empresas que cumprem esses requisitos na Bolsa brasileira: apenas Bradesco, Itaú e Banestes.

Como conclusão, reforçamos que é muito importante considerar outros fatores ao montar a sua carteira de dividendos, como dividend yield, crescimento dos lucros e o endividamento da empresa, por exemplo. 

Quer montar sua carteira de dividendos? 

Na Warren, você não tem problemas com a diversificação, porque tem corretagem zero ao investir em ações — e também em ETFs, BDRs e FIIs.

Para aproveitar as melhores oportunidades e proteger seu patrimônio, também é fundamental ficar de olho nas movimentações do mercado. 

Se você gosta do mercado financeiro, assine a Warren Pills e receba uma newsletter inovadora com conteúdo leve e informativo todas as semanas.

Quer aprender mais sobre o mercado de ações? Leia também:

abra sua conta trade warren