Disciplina como segredo para o longo prazo: como Ana Piaszenski investe com a Warren

Temos o costume de achar que a liberdade é um conceito abstrato. Na nossa cabeça, visualizamos imagens de pessoas em um campo aberto, com mochila nas costas e vento no rosto. A verdade é que usufruir da liberdade pode ser algo muito mais tangível, algo que faz parte do nosso dia a dia.

Ter a confiança de fazer uma grande escolha, como mudar o rumo da sua vida profissional, é um ato de liberdade. E a parte da confiança só vem junto quando trazemos na bagagem uma boa dose de planejamento.

Esse exemplo não é hipotético. É o caso da gaúcha Ana Piaszenski, uma das clientes da Warren que vem conquistando sua autonomia financeira por meio dos investimentos.

Formada em Agronomia, Ana deu um twist em sua vida profissional, passando a trabalhar no ramo das cervejas artesanais. Apaixonada pelo universo das cervejas, dos pubs e da culinária, Ana comenta: “mudanças como essa são muito decisivas, então quando você já tem um planejamento financeiro, já investe, você consegue fazer esse movimento com muito mais segurança.”

Planejando do seu jeito

Na Warren, nossos clientes organizam e planejam o seu patrimônio a partir dos seus objetivos. A diferença em relação a outras instituições, como bancos e corretoras, é clara: em vez de ter de se preocupar com qual produto adquirir, na Warren, o cliente faz a escolha a partir dos sonhos e objetivos que tem, investindo então em carteiras sugeridas que levam em conta prazo e perfil de risco.

Para Ana, que tem certo conhecimento sobre o mercado mas não tem tempo para acompanhá-lo de perto, a solução da Warren ajuda a diversificar seu portfólio de forma embasada. 

“Tenho várias carteiras. Tenho uma para minha aposentadoria, outra com 100% de renda fixa para uma reserva de emergência e também uma com perfil mais moderado, incluindo renda variável, na qual invisto para uma viagem no futuro”, ela conta.

banner blog 2

Foco na disciplina

Bons rendimentos não caem do céu: eles dependem da nossa disciplina. Em vez de investir o que sobra no mês, o ideal é, a cada ganho, pagar o primeiro “boleto” para si mesmo, aportando nos seus investimentos. É assim que a Ana investe. 

Conhecida carinhosamente como “Julius” entre os amigos, a comparação ao personagem sempre preocupado com dinheiro do seriado Everybody Hates Chris mostra a importância que poupar e investir tem na vida de Ana. 

“Abdico de alguns luxos e explico aos meus amigos que penso no futuro com os meus investimentos. Quando recebo meu salário, a primeira coisa que faço é investir.”

Um valor compartilhado – e cheio de propósito

Morando com o namorado, a mãe e as gatinhas Sofia e Isaura, Ana ainda nos contou que, por mais que não seja uma especialista em investimentos, sempre faz questão de trazer o assunto para as pessoas que convivem com ela.

“Já emprestei livros sobre como economizar dinheiro para colegas de trabalho, e sempre converso sobre investimentos com meu namorado, que também é entusiasta dos investimentos.”

Além da expectativa de conquistar sua independência financeira no longo prazo por meio dos investimentos, Ana ressalta a importância de fazer isso apoiando as causas em que acredita. 

Ana comenta: “Invisto nos fundos Warren Green e Warren Equals. Como vegetariana, quero cada vez mais conhecer empresas que exerçam um papel de melhoria às causas ambientais e de preservação. Como mulher, é muito importante sabermos que existem essas empresas onde estamos sendo representadas e vistas como empreendedoras. E falando como investidora, é mais importante ainda estar alinhada com esses setores, já que são áreas que vão crescer exponencialmente”.

reserva emergencia 2 banner 1280x240 1