Essa dúvida também pode ser sua: conheça as 5 perguntas mais comuns no atendimento da Warren

Quando você entra em contato com a Warren, é esperado que você tenha alguma dúvida sobre o uso da plataforma, notícias dos seus ativos, rentabilidade dos produtos ou qualquer outra demanda. 

Por isso, no artigo de hoje, vamos falar sobre as 5 principais perguntas que surgem em nosso atendimento e ajudar você a entender o que fazer quando tiver a mesma dúvida!

Vamos lá?

1. “Onde devo investir?”

Essa é, de longe, a pergunta mais recebida no nosso atendimento. Para falar bem a verdade, chega a dar arrepio quando nos perguntam isso! Eu explico o motivo.

Apesar de parecer simples, esta pergunta não tem uma resposta única para todo investidor. 

Na Warren, você tem à disposição mais de 500 produtos para compor sua carteira, uma aba de Conta, além de uma aba Trade — que permite que você compre títulos de mais de 300 empresas listadas em bolsa de valores, além de BDRs, FIIs e ETFs. 

Cada um destes investimentos possui diferentes riscos, retornos, prazos de liquidez e valores para começar a investir. 

Por isso, é importante ressaltar que não existe o melhor investimento. O que existe é o melhor investimento para você, adequado ao seu perfil, às suas metas e aos valores que você investirá. 

Quando você cria uma carteira em nossa plataforma e segue a sugestão de alocação, a Warren faz uma composição de produtos de acordo com o seu perfil e o objetivo que você possui.

Neste momento, você perceberá que, para alguém com um perfil conservador (que não tem muita tolerância à volatilidade) e com um objetivo de curto prazo, por exemplo, produtos de renda variável não serão os ideais. 

Já na aba Trade, por exemplo, é muito comum vermos na internet pessoas falando sobre a “ação do momento”, ou a “ação que mais vai trazer lucro” para o investidor. 

Este tipo de conteúdo geralmente foca em rendimentos de curto prazo, mas investir em renda variável pode também ser uma boa escolha para quem pensa no longo prazo!

Se você tem perfil arrojado, disposto a investir em renda variável, mas não sabe por onde começar, nosso atendimento pode ajudar você. 

A Warren Asset Management, nossa gestora de recursos, produz materiais que os clientes podem solicitar via chat ou email, com recomendações de carteiras de dividendos e top picks.

Resumindo, se você perguntar qual o melhor investimento, diremos que o essencial é respeitar o seu perfil de investidor e entender quais produtos combinam melhor com você!

abrir conta warren carteiras, banner

2. “E os meus dividendos?”

A melhor parte dos investimentos é saber que o dinheiro está se multiplicando sem você precisar fazer nada! Sim, a famosa renda passiva.

Por isso, muitos investidores nos perguntam para onde vão os dividendos pagos pelas empresas listadas na bolsa. Na verdade, depende!

Quando você investe em fundos de investimentos que têm ações em sua composição, os dividendos das empresas ficam retidos no fundo e o gestor reinveste o valor, seguindo a estratégia definida pelo fundo. 

Agora, se você investe em ações diretamente pela aba Trade, o processo funciona de forma diferente! Os proventos pagos pelas empresas ficam no seu saldo disponível para investir. 

Quando o valor cair ali, você pode usar o saldo para investir novamente nos seus ativos preferidos, gerando o que chamamos de efeito bola de neve, que é quando os seus ganhos começam a gerar aportes cada vez maiores, que por sua vez geram proventos maiores, e assim por diante. 

O valor depositado fica visível no campo Últimas movimentações, acessível na sua aba Trade mesmo!

SAIBA MAIS | A dor de não respeitar seu perfil de risco

3. “Depositei na Warren, mas o valor estornou. E agora?”

Antes de mais nada, você precisa saber que, ao ser cliente Warren, você possui uma conta da mesma forma como se tivesse a conta em um banco, em seu nome e atrelada ao seu CPF. 

Então, quando você for depositar, é importante preencher o seu nome e o seu CPF nos campos do favorecido. O depósito é, na verdade, uma transferência de você para você mesmo!

Porém, alguns detalhes são merecedores de atenção!

Você pode depositar na Warren através de transferência do tipo TED vindas de contas bancárias do tipo Pessoa Física que sejam de sua titularidade. Quais bancos aceitamos? Todos! Desde que a regra seja cumprida.

Não aceitamos e não fazemos transações envolvendo contas de outras titularidades ou contas PJ. Os resgates/saques seguem as mesmas regras! 

Existe, ainda, a opção de gerar um boleto para aportar em sua conta na Warren. Neste caso, o boleto pode ser pago por qualquer conta ou meio, independentemente da titularidade. Atente para os prazos envolvidos, já que o boleto demora um pouco mais para compensar!

“E o PIX?” Calma, ele vai chegar logo logo!

LEIA TAMBÉM | Os bastidores do atendimento da Warren

4. “Como funcionam os fundos da Warren?”

Como uma plataforma completa, a Warren não é apenas uma corretora de investimentos, mas também uma gestora de recursos. Isso significa que, além de distribuir fundos de outras casas, desenvolvemos fundos próprios para você investir.

Além de criarmos fundos com estratégias renomadas, como o Warren Green, eleito o 3° fundo de ações mais rentável de 2020, também nos diferenciamos pela ausência de taxas de administração e taxas de performance.

Sim, por conta do nosso modelo, clientes Warren pagam taxa zero ao investir em nossos fundos. Você pode ler mais sobre como isso funciona na prática clicando no link abaixo.

APRENDA | Modelo Warren: os 4 pilares do nosso modelo de investimentos

Mas afinal, que fundos são esses? Abaixo, explico as três categorias principais dos nossos produtos.

Fundos de renda fixa

Os fundos de renda fixa são ideais para perfis de investimento mais conservadores e para carteiras em que o risco não é bem vindo, como a sua reserva de emergência

O fundo Warren Renda Fixa Simples (CNPJ: 24.986.670/0001-97), por exemplo, é o fundo mais conservador da Warren. Ele investe majoritariamente em títulos públicos atrelados à Selic e busca render 100% do CDI. Dos fundos da Warren, é o que tem mais liquidez, podendo chegar a, no máximo, 1 dia útil o prazo para você receber o valor depois do pedido de resgate. 

Fundos de ações

Um fundo de ação é ideal para investidores com maior apetite ao risco. Basicamente, o fundo traz uma exposição ao mercado de renda variável, seguindo uma estratégia específica para conseguir superar um benchmark.

Quer um exemplo? O fundo Warren Ações USA (CNPJ: 29.577.706/0001-00) traz aos nossos clientes a chance de se expor às principais empresas listadas na bolsa americana, replicando a carteira de empresas que compõem o índice S&P 500, seu benchmark.

Fundos Multimercado

O nome já diz tudo! Um fundo multimercado possui uma estratégia mais abrangente, podendo mesclar diferentes categorias, como renda fixa e renda variável.

Na Warren, temos o fundo Warren Omaha (CNPJ: 32.704.998/0001-00), com uma carteira enriquecida por estratégias específicas, quantitativas, macro, com fundos atuando em diferentes geografias e mercados. O Omaha possui, também, uma exposição de 5% em criptomoedas.

Ficou com vontade de conhecer todos os nossos fundos? Então clique aqui e explore a página de cada fundo em nosso FAQ.

5. “Minha ordem na aba Trade não está sendo efetuada. O que fazer?”

Instabilidades no sistema podem ocorrer, mas uma ordem não processada na aba Trade pode, muitas vezes, ter a ver com a forma como você efetuou o pedido.

Na hora de comprar o ativo, certifique-se de que você está comprando no lote certo.

‘’Como assim, Pedro?’’

Na bolsa de valores, os ativos são descritos conforme lotes. Então, para comprar um lote padrão de Petrobras, por exemplo, você digita PETR3 ou PETR4, comprando ações da empresa em múltiplos de 100 (100, 200, 300, etc). 

Mas se você quiser comprar apenas 10 ações, por exemplo, você deve colocar PETR3F ou PETR4F. Esse “F” significa fracionário e permite que você compre de 1 a 99 ações. 

Essa regra serve para as ações, então não se preocupe em aplicá-la na hora de negociar ETFs, FIIs ou BDRs.

Além disso, certifique-se de que você tem perfil de investidor(a) moderado ou arrojado. Isso porque a Warren segue as normativas da CVM, que impedem o investimento em renda variável por clientes que são conservadores nos investimentos. 

Para refazer o seu perfil é só clicar no menu superior esquerdo da sua área logada e seguir o seguinte caminho: Minha conta > Meu perfil de investimentos > Refazer teste.

Por último, é importante lembrar que o ativo deve existir, certo?! Parece brincadeira, mas algumas empresas, por exemplo, passam por reorganização societária ou fusões, o que pode causar alterações nos códigos de suas ações. 

Por exemplo, o papel TIET11, da AES Brasil, não existe mais, sendo negociado hoje como AESB3. Lembre-se disso, combinado?!

Espero que algumas dessas dicas tenham ajudado você a entender melhor a nossa plataforma. Se você ainda precisa de ajuda, estamos disponíveis no chat da área logada ou pelo email meajuda@warren.com.br.

Será sempre um prazer conversar com você!

Quer saber mais? Confira outros artigos:

Banner reserva 2