BDRs pagam dividendos? Reunimos tudo que você precisa saber

Afinal, os BDRs pagam dividendos? Você já sabe que, quando investe em ações, você recebe uma distribuição dos lucros da empresa, desde que ela tenha essa política de remuneração aos acionistas.

Mas o que acontece quando você compra um BDR de uma empresa estrangeira?

A resposta mais precisa é: depende.

Nos Estados Unidos, a distribuição de dividendos não é necessariamente uma regra, como costuma ser para as empresas que geram lucro e tem acionistas no Brasil.

Na prática, o recebimento de dividendos nos BDRs depende, em primeiro lugar, da decisão de distribuição pela empresa lá nos Estados Unidos.

Se isso ocorrer, você tem direito a receber dividendos aqui no Brasil, diretamente na conta da sua corretora de valores.

Mas é preciso ficar atento, porque a tributação muda bastante em relação aos proventos pagos por empresas brasileiras. 

Como você sabe, os BDRs ganharam ainda mais repercussão no final de outubro de 2020, quando a CVM liberou esses ativos para todos os investidores, e não somente para os qualificados, como ocorria antes.

Por isso, o interesse sobre os BDRs e a sua respectiva distribuição de dividendos cresceu muito nas últimas semanas.

Para sanar todas as suas dúvidas sobre o tema, nós montamos este artigo.

Vamos passar pelos seguintes tópicos:

  • Como funciona a tributação de dividendos nos BDRs;
  • Onde caem os dividendos dos BDRs?
  • Qual a frequência de pagamento de dividendos em BDRs?
  • Por que algumas empresas geram lucro e não pagam dividendos?

Vamos juntos? Boa leitura!

BDRs pagam dividendos?

Descubra se BDRs pagam dividendos ou não, ilustração

BDRs são recibos que representam ações de empresas estrangeiras, mas são emitidos no Brasil, com negociação na Bolsa de Valores brasileira.

Ao negociar BDRs, você não compra ações das empresas, mas sim títulos com lastro. É exatamente por isso que surge a dúvida se BDRs pagam dividendos.

Como pontuamos na introdução do artigo, os BDRs pagam dividendos desde que a empresa pague dividendos originalmente, ou seja: se ela tem políticas para esse tipo de distribuição de proventos.

Então, para buscar por empresas que pagam dividendos nos BDRs, você precisa pesquisar sobre a companhia e verificar se ela distribui lucros em suas ações.

Empresas como Google e Facebook, por exemplo, passaram vários anos gerando lucro e sem distribuir dividendos, já McDonald’s e Johnson & Johnson pagam dividendos com frequência.

Uma maneira de fazer essa pesquisa é buscar por empresas denominadas como Dividends Aristocrats.

Esse termo é utilizado para se referir às empresas norte-americanas que compõem o índice S&P 500 e que pagam dividendos crescentes aos seus acionistas.

Uma das regras para fazer parte dessa classificação é a companhia ter um histórico de aumentar os seus dividendos por 25 anos, ou seja: a empresa precisa pagar dividendos crescentes por, no mínimo, 25 anos.

Já as Dividend Kings são as empresas que distribuem dividendos de forma crescente há pelo menos 50 anos. São, como o próprio nome sugere, os reis dos dividendos.

Se você tem dúvidas sobre BDRs, não deixe de ler o artigo do nosso CEO, Ttito Gusmão, sobre o tema: BDRs: as respostas para 18 perguntas que você deve estar fazendo 

Banner baixar relatório de BDRs, ilustração

Como funciona a tributação de dividendos nos BDRs?

Entenda como funciona a tributação dos dividendos, ilustração

Os dividendos pagos pelos BDRs têm um sistema diferente de tributação em relação às empresas listadas na Bolsa aqui no Brasil, em que você não paga nada ao receber os dividendos.

O governo norte-americano tributa os dividendos na fonte, ou seja: uma parte do que você receberia vai direto para os cofres do governo estadunidense.

Além disso, as custodiantes (os grandes bancos) retém entre 3% a 5% dos dividendos distribuídos nos BDRs.

Como a tributação dos dividendos nos Estados Unidos é de 30%, você acaba recebendo, na prática, 65% dos proventos originalmente distribuídos.

E após receber os dividendos, como fica a tributação?

Os dividendos recebidos seguem a tabela regressiva do Imposto de Renda, mas também há possibilidade de compensar com o IR que é retido na fonte pelo governo norte-americano.

No caso do recebimento de dividendos dos BDRs, a Receita Federal brasileira entende esses valores como rendimentos recebidos de fonte no exterior.

Por isso, os valores a serem pagos é feito por meio do chamado carnê-leão, e devem ser mensais desde que os dividendos ou rendimentos ultrapassem o valor de R$ 1.903,98

Para chegar a esse valor, é necessário que você converta o dólar em real.

Está gostando deste conteúdo? Assine a Warren Pills e receba uma newsletter semanal e inovadora.

Onde caem os dividendos dos BDRs na Warren?

Com o Warren 3.0, você acompanha todos os valores de dividendo dos BDRs na aba Trade.

Essa é uma aba prática, simples e eficiente para que você acompanhe não somente os seus BDRs, mas também ações, fundos imobiliários e ETFs.

Ao acessar a aba trade no Warren 3.0, seja no seu smartphone, seja no seu computador, você terá uma visão geral de todas as movimentações da sua conta.

Nessa seção, será informado o dia da transação, tipo (se foi um depósito ou uma ordem de compra, por exemplo), o status e a data em que o processo foi feito.

LEIA TAMBÉM: Como comprar ações na Warren: invista sem taxa de corretagem 

Qual a frequência de pagamento de dividendos dos BDRs?

Veja a frequência de pagamento dos dividendos de BDRs, ilustração

A frequência que as empresas pagam dividendos depende da política que cada companhia adota.

Dependendo do sistema de distribuição de proventos, o pagamento pode ser mensal, semestral, trimestral ou uma vez ao ano.

O valor recebido pelos dividendos é chamado de yield e o que classifica uma empresa como boa pagadora de dividendos não é somente a frequência.

Como em todas as análises para saber se um investimento vale a pena, é preciso levantar o histórico de pagamentos de dividendos. 

Um dos indicadores fundamentalistas para fazer esse estudo é o dividend yield.

O dividend yield é um indicador utilizado para relacionar os dividendos pagos por uma companhia e o preço atual de suas ações. Porém, se tratando de BDRs, é preciso ter cuidado.

Como dissemos, a custodiante retém uma porcentagem do valor pago sobre os dividendos, então, nem sempre esse indicador é utilizado.

Já em relação à frequência ao ano, você precisa considerar os seus objetivos com essa aplicação e as estratégias utilizadas na sua carteira.

Afinal, nem sempre uma empresa que paga dividendos mensais é melhor do que aquela que paga anualmente. Há variáveis a serem consideradas nas suas decisões.

A seguir, confira uma tabela com algumas empresas norte-americanas que que têm BDRs e que pagam dividendos.

EmpresaSetor
Coca-ColaConsumo
IntelTecnologia
McDonald’sConsumo
Kimberly-ClarkIndústria
AT&TTelecomunicações
Procter & GambleConsumo
AppleTecnologia
PepsicoIndústria

Gosta de BDRs? Baixe o relatório com as 20 maiores empresas do mundo

Por que algumas empresas geram lucro e não distribuem dividendos?

O pagamento de dividendos é considerado por alguns como o topo da lista de critérios a serem avaliados antes de investir em uma empresa. 

Afinal, quem não deseja receber proventos, certo? Certo, mas há ressalvas.

Se uma empresa não paga dividendos, não quer dizer que ela seja ruim para a sua carteira, ou que você receberá menos rentabilidade com ela ao longo dos anos.        

As empresas que geram lucro, mas não pagam dividendos, utilizam esse valor para outras estratégias.

Dependo da finalidade que esse provento terá, a empresa consegue gerar mais valor e crescer no mercado, sendo que, no fim das contas, é isso que importa em estratégias de longo prazo e de valor, como o buy and hold.

Essas empresas que não distribuem dividendos podem utilizar o dinheiro para:

  • Reinvestir na companhia, potencializando o seu crescimento e o seu valor de mercado
  • Reduzir o índice de endividamento
  • Fazer a recompra de ações
  • Comprar empresas ou participações de empresas concorrentes e aumentar suas vantagens competitivas.

Esses são alguns exemplos comuns das estratégias utilizadas por empresas que não pagam dividendos.

Tudo dependerá da sua estratégia e de um estudo fundamentalista da empresa que você pretende investir.

Warren Buffett, por exemplo, um dos precursores da estratégia buy and hold, não é adepto das empresas que pagam dividendos.

Segundo as suas teorias, as companhias que focam demais em distribuir proventos estão fadadas a um fracasso em sua gestão.

Essa corrente de pensamento expõe que as companhias precisam se preocupar com o crescimento e valorização, que é alcançado quando o lucro é eficientemente reinvestido.

Além disso, é preciso tomar cuidado: nem sempre as empresas que pagam dividendos estão em um bom momento ou são super lucrativas.

Pelo contrário, companhias que estão com seus ativos a um preço abaixo do seu valor, ou que estão “esquecidas” no mercado acionário, podem utilizar o pagamento de dividendos como um mecanismo para chamar a atenção dos investidores.

LEIA TAMBÉM: Afinal, dividendos são desejaives?

Como investir em BDRs na Warren?

Invista em BDRs pela Warren, ilustração

Se o seu perfil de risco estiver alinhado às características dos BDRs (indicado para perfil de investidor arrojado), é muito simples começar a negociar BDRs na Warren.       

O primeiro passo é abrir a sua conta na Warren. Você precisa abrir a sua conta para que tenha acesso à plataforma onde comprará os BDRs.

Ainda não é cliente da Warren? Abra a sua conta agora mesmo.

Além de ter acesso aos BDRs de importantes empresas norte-americanas, você conta com taxa zero de corretagem e de custódia. Assim, o seu dinheiro tem mais valor.

Com a sua conta aberta, basta acessar a aba Trade e fazer o seu primeiro depósito. Depois, pesquise pelo BDR que deseja comprar e selecione a quantidade. Simples assim.

Para encontrar o BDR do seu interesse, a maneira mais rápida é pelo código do BDR. 

Esses códigos são compostos por 4 letras e com o final 34. A Apple, por exemplo, é AAPL34.

Neste artigo, você aprendeu que os BDRs pagam dividendos, desde que a empresa tenha a política de distribuir esse tipo de provento, originalmente em suas ações.

Além disso, descobriu que a tributação dos dividendos é diferente dos dividendos distribuídos pelas empresas brasileiras. 

Ficou interessado em investir em BDRs? Abra a sua conta e comece a investir!

Se você gostou deste artigo, talvez se interesse por:

abra sua conta warren trade