CIO da Warren conversa sobre investimentos responsáveis


A preocupação social e ambiental é algo que está cada vez mais em pauta no Brasil e ao redor do mundo. E, nesse cenário, o mercado de investimentos também vem se envolvendo mais com essa temática.

Assim, os fundos ASG (Ambiental, Social e Governamental) ganham espaço entre os investidores como uma alternativa interessante para alocar seu dinheiro.

Para conversar sobre o assunto, a Warren for Business, braço da Warren voltado para profissionais do mercado financeiro, chamou Thomaz Fortes, CIO da Warren, Gustavo Ruiz, head B2B, e Bruno Panerai, head of Product Solutions. 

“Você não precisa abrir mão de performance e nem do impacto social para investir. A ética é muito importante, mas há retorno financeiro também em investimentos que seguem políticas responsáveis”, conta Thomaz.

O investimento ASG é aquele que busca companhias que tenham impacto positivo para a sociedade nos quesitos Ambiental, Social e Governamental.

“Buscamos empresas com política de governanças positivas, valorizando a diversidade e que tragam um impacto positivo para o planeta”, explica o gestor sobre essa categoria de aplicação.

Na explicação para os profissionais sobre como podem trabalhar com esses investimentos, Thomaz contou sobre a experiência com o Warren Green, fundo que busca o investimento ético gerido pela Warren.

“Olhamos diversos critérios e índices para incluir empresas no fundo, em um processo bem rigoroso”, afirma Thomaz.

Bruno Panerai explica que companhias que estão no Warren Green têm uma cabeça mais sustentável e acabam gerando mais valor para o cliente mesmo em momentos de turbulência.

“São empresas que têm a sustentabilidade em seu DNA. Não estão preocupadas somente em entregar resultados no próximo trimestre, mas sim em trazer algo positivo para o mundo e, por isso mesmo, agora essas empresas conseguem ter bons resultados para o investidor”, aponta.

Para assistir a transmissão completa, você pode clicar aqui.