Fundos ESGs e o novo padrão do ‘ouro verde’

Cada vez mais no positivo, os fundos socialmente responsáveis mostraram que vieram para ficar!

Se tem um assunto quente hoje no mundo dos investimentos são os Fundos EGs. Falamos desses fundos essa semana, clique aqui e confira.

É comum que os Fundos ESGs sejam destacados nas manchetes em eventos extremos como, por exemplo, o rompimento da barragem em Brumadinho (2019), escândalos de corrupção da Petrobras (2016) e Mariana (2016).

No mercado financeiro, muito se fala sobre retorno ajustado ao risco no capital, e pouco se fala sobre retorno ajustado à ética

Os defensores da maximização do valor para os acionistas colocam a busca pelo lucro (e retorno dos acionistas) acima de todas as outras considerações. Por um lado, é instantâneo associar que a falta de lucros poderá levar uma série de resultados ruins para empresas e, no pior caso, a sua falência. Mas, por outro lado, as empresas podem enfrentar sérios problemas se a gerência se preocupar apenas em maximizar as medidas de lucro de curto prazo para agradar o mercado e os acionistas, esquecendo de todas as outras partes interessadas. Até a própria Morgan Stanley se posicionou sobre isso, veja aqui.

“O perfil do investidor está mudando. Com um pensamento mais alinhado à ética, os millennials estão investindo com mais responsabilidade social. E é com grande orgulho, que agora, a Warren também faz parte dessa mudança.”

Você precisa abrir mão de rentabilidade para investir de forma sustentável? Definitivamente um grande e redondo não.

Em uma pesquisa feita pela Morgan Stanley em 2015, os fundos com responsabilidade ambiental e social tiveram um desempenho igual ou melhor do que os tradicionais em 64% das vezes. É uma nova forma de investir, o valor econômico anda lado a lado com os valores ambientais, sociais e governanças.

Em 2018, a Black Rock falou da mudança estrutural e fundamental que viria a acontecer no mercado financeiro. Dois anos atrás, eles publicaram que os ativos de fundos mútuos sustentáveis e as ETFs experimentariam um forte crescimento nos próximos anos. Em 2020 essa projeção já foi ultrapassada, conforme divulgada pela CNBC.

Fonte: BlackRock.

Aqui na Warren, estamos caminhando, também, com fundos de retorno alinhado à ética. Atualmente, contamos com dois Fundos ESGs: o Warren Equals, voltado para organizações que pregam políticas de equidade de gênero, e o Warren Green, é voltado para as empresas que se preocupam com o consumo sustentável para honrar as futuras gerações. 

Depois de tudo isso, responde aqui de maneira bem sincera: você está convencido o suficiente? Caso a resposta seja não, então nos permita apresentar, intimamente, o nosso fundo Warren Green (Green para os íntimos).


descomplicou abrir conta
Banner baixar relatório de BDRs, ilustração

Objetivo e estratégias

O objetivo para a gestão do nosso fundo Warren Green é encontrar o alfa positivo no mercado através de investimentos sustentáveis e com uma volatilidade compatível com o mercado de renda variável. 

“Na série histórica que já possuímos, entregamos um retorno maior com uma menor volatilidade. Diversas ações que compõem a nossa carteira possuem um beta pequeno, dessa forma, o seu risco de retorno está mais relacionado ao risco não sistemático. Apoiamos empresas que sejam capazes de atender às suas atuais necessidades sem que possam comprometer as necessidades das futuras gerações”, conta o nosso gestor do fundo, Thomaz Fortes. 


Incentivamos as organizações a passar de meras PALAVRAS para virar grandes NÚMEROS. Nosso investimento responsável sustenta a missão do fundo de duas formas. 

Buscamos melhorar o desempenho econômico de longo prazo de nossos investimentos.

 Buscamos reduzir os riscos financeiros associados às práticas ambientais e sociais das empresas em nosso portfólio. Para isso, o comitê de gestão cuida de todos os critérios e índices que envolvem as questões ambientais, sociais e de governança e que podem, de alguma forma, afetar o desempenho do fundo ao longo do tempo. 

Simplificamos o processo da escolha dos ativos para o nosso fundo. Integramos, em nossa escolha, os filtros de índices positivos aos negativos para poder refinar e fazer o melhor julgamento pensando em um retorno a longo prazo.

Performance do Green

O Green, concebido em 28 de outubro de 2019, completou no mês de abril 6 meses e finalmente pôde ter a divulgação do seu resultado. Vou confessar que estávamos ansiosos por esse momento. O nosso fundo, desde que foi criado, teve um retorno total de 30% acima do Ibovespa. Sem muita enrolação, vamos mostrar o seu desempenho.


Fonte: Quantum Axis.

Perceba que nós estamos performando sempre acima dos nossos benchmarks desde o início. Isso é resultado de um estudo minucioso feito pelo Comitê de Investimento da Warren, composto por gestores e analistas.

Em fevereiro, o fundo começou a cair juntamente com o mercado, este sofreu, fortemente, os efeitos da pandemia Covid-19. Março abriu espaço para uma recessão generalizada em todo o mundo, foi uma queda histórica nas bolsas mundiais. Mas em abril, o fundo voltou com todas as forças. Nesse mês o Warren Green apre sentou uma valorização robusta de mais de 17%, muito acima do Ibovespa que encerrou o mês com um retorno acumulado de 10,26%.

Assim como o Warren Green, existem no cenário doméstico e externo diversos fundos e índices que promovem a inclusão de valores ESGs. Vamos dar uma olhada em um índice bem interessante que tem feito bastante sucesso nos EUA.

LBTQ100 Index: uma breve olhada no índice ESG do cenário externo

Em 2015, a empresa LGBTQ Loyalty criou um índice o qual é constituído por 100 empresas (das 500 principais empresas de capital aberto do país, SPX 500) orientadas pela igualdade LGBTQI+. A ideia é valorizar as organizações que nutrem e promovem a igualdade no local de trabalho para os funcionários. Empresas com grande nomes como a Amazon, a Microsoft e a Apple são destaques presentes no índice. 

Desde que foi criado, o índice apresentou um retorno acumulado maior que 70%, enquanto o seu benchmark (SPX 500) avançou cerca de 39%. Nos períodos de recessão, o índice caia muito menos do que o seu índice de referência. A performance do índice pode ser visualizada abaixo.

Fonte: Bloomberg.

Esperamos que os investimentos em ESGs tenham sido um pouco desmistificado para você agora – ou, caso já estava ciente disso, talvez seu entusiasmo pela filosofia de investimento tenha sido estimulado ou renovado.

Se você é atraído por investimentos socialmente responsáveis ​​e deseja que seu portfólio supere o mercado em geral, o investimento em ESG pode ser uma ótima opção para você.

Quer conhecer mais os nossos fundos ESGs? Caso você já seja cliente Warren, acione o chat do seu app, envie um e-mail para meajuda@warrenbrasil.com.br ou nos chame em qualquer uma das nossas redes sociais oficiais.

Não é cliente ainda? Abra sua conta agora, clique aqui e comece a investir melhor!

Redes sociais da Warren

Warren no Instagram

Warren no Linkedin

Warren no Youtube

Warren no Twiter

Warren no Facebook

abra sua conta warren conta
abra sua conta trade warren