Planejamento financeiro: entenda como isso impacta diretamente os seus investimentos

Nesta quarta-feira, 20 de maio, fizemos uma Live sobre a importância de um planejamento financeiro profissional para os investimentos. Participaram da transmissão os Gestores de Investimentos da Warren, Daiane Mohr, CFP® e Gustavo Macedo Gubert, CFP® e Tiago Kaplan, Head de Relacionamento da Warren.

Confira a íntegra da transmissão, ao final deste texto e, abaixo, o resumo com os principais pontos do debate.

Quem precisa de um planejamento financeiro?

Gustavo começou a conversa relembrando que algumas pessoas acham que, por não possuírem muito dinheiro, não há porque fazer um planejamento. Por outro lado, outras pessoas acreditam que, por possuírem muito dinheiro, não há necessidade de fazer um planejamento também. Então, para quem seria o planejamento financeiro?

“Não é nada disso, na verdade. Independente do tamanho do patrimônio da pessoa e dos seus objetivos, todos precisam de um bom planejamento financeiro e de acompanhar ele por toda a vida”, reforçou Gustavo.

Conforme Daiane um bom planejamento financeiro faz toda a diferença na vida das pessoas e a falta de um, também. Uma questão importante em relação a isso é que ainda é uma cultura em desenvolvimento para o brasileiro.

“O planejador financeiro CFP ainda é uma profissão pouco popular. São apenas cerca de 5 mil profissionais no Brasil”, explicou Daiane.

O que é um profissional CFP?

É um planejador Financeiro multiespecialista com visão holística e estratégicas de todos os âmbitos necessários para um planejamento financeiro completo. Esta é a certificação mais reconhecida dentro da área de planejamento financeiro.

Quando começar o seu planejamento?

Conforme Daiane e Gustavo, o ideal seria que todo o brasileiro tivesse a primeira educação financeira já na escola. Pois o momento certo é o quanto antes, na verdade. Para explicar a importância do planejamento na vida da pessoa, ambos fizeram uma analogia interessante.

Normalmente, se tem um médico de referência, de confiança, que é procurado quando se tem alguma dúvida ou sente algum sintoma, certo? Além disso, quando se é prevenido, existe o costume de realizar check ups eventuais, não é?

“O seu planejador financeiro é como se fosse este seu médico de referência. Você conta com ele para realizar ‘check ups’ e saber como agir e não somente reagir a situações, além de contar com sua consultoria para dúvidas”, explicou Gustavo.

A necessidade de um diagnóstico inicial é importante, pois, assim, o planejador desenha onde a pessoa está. E, a partir dos objetivos de vida, o planejador cria um plano de ação para onde você quer estar e como fará para chegar lá.

“Claro que, no decorrer da vida, momentos mudam, novos objetivos surgem, outros perdem um pouco o sentido e, para isso, o planejador está acompanhando para, constantemente, revisar a sua estratégia”, explicou Daiane.

Planejamento em tempos de pandemia

Talvez nunca se tenha falado tanto na importância de uma reserva de emergência como agora, em meio à crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus. E esta questão é um dos aprendizados positivos que ficará marcado neste período de incertezas. Mas não é o único.

Gustavo apontou que está cada vez mais evidente a importância de o investidor saber qual é o seu perfil de risco e ter disciplina para respeitá-lo. Afinal, temos vivido momentos de instabilidade nos mercados, novos cortes na taxa básica de juros e isso tem feito algumas pessoas entrarem na onda da euforia da compra ou do pessimismo das perdas.

“É preciso respeitar o seu perfil e saber, também, que não há maǵica”, apontou Gustavo.

Daiane explicou que o ponto de partida de um planejamento vai depender do estágio em que a pessoa está. Por exemplo: se fluxo de caixa não está fechando, será preciso calcular cada centavo que se gasta. Só assim será possível entender o que está atrapalhando as finanças.

O uso de uma planilha é super importante para este controle. E um bom exemplo é a planilha do livro Papo de Grana, escrito pelo nosso CEO, Tito Gusmão. Clique aqui e baixe a sua.

Mas o que, afinal, engloba um bom planejamento financeiro?

Claro que um planejamento financeiro profissional não é apenas acompanhar os seus ganhos e gastos. O profissional trabalha em cima de uma fotografia completa de toda a vida financeira da pessoa, o que engloba: gestão financeira, gestão de riscos, gestão de ativos, planejamento de aposentadoria, planejamento tributário e planejamento sucessório.

Para abordarmos este assunto com mais profundidade, vamos trabalhar com uma série de conteúdos aqui no blog da Warren. Acompanhe e mande as suas dúvidas aqui nos comentários, pelas nossas redes sociais oficiais ou através do chat do nosso aplicativo ou do email meajuda@warrenbrasil.com.br.

Íntegra da live: