Entenda os tipos de carteiras de investimentos que você pode ter na Warren

No mundo dos investimentos, existem termos que são fundamentais para você organizar e entender melhor a construção do patrimônio. Um deles é o termo carteira de investimentos.

Estamos acostumados à carteira em sua “versão física”, aquela que carregamos no dia a dia com nossos documentos, cartões e dinheiro. 

Quando o assunto é investimentos, uma carteira nada mais é do que um conjunto de produtos nos quais você investe. Entre os produtos, podem estar fundos de renda variável e ações, títulos de renda fixa, etc.

Por que é importante você entender o que é uma carteira de investimentos? Porque na Warren você não tem apenas uma carteira com todos os seus investimentos lá dentro. 

Acreditamos que cada objetivo de vida que você tem corresponde a um diferente tipo de investimento — com perfil de risco específico e diferente expectativa de prazo.

Na Warren você cria uma carteira para cada objetivo, alocando nela os produtos que fazem sentido com o que você deseja quando enfim for usufruir dos rendimentos que virão dos investimentos. 

Outro diferencial é que, na Warren, você pode contar a gestão ativa em suas carteiras.

Quer entender o que isso significa — e os diferentes tipos de carteiras que você pode criar em nossa plataforma? Então continue a leitura!

Carteira administrada: a carteira com gestão ativa da Warren

A carteira administrada é a carteira de investimentos que conta com a gestão ativa da Warren Asset, a gestora de recursos da Warren.

Você consegue criar uma carteira administrada acessando a aba Carteiras em nossa plataforma. Clique em “Criar nova carteira” e depois em “Receber sugestão”.

Você irá responder a um passo a passo que nos ajuda a entender o perfil de risco e o prazo que você pretende usufruir dos seus rendimentos.

O fluxo desta criação você pode conferir neste vídeo abaixo:

A vantagem de uma carteira administrada na Warren é contar com a experiência e o trabalho da gestora da Warren.

A Warren Asset realiza o rebalanceamento automático dos produtos em sua carteira. O rebalanceamento automático garante que sua carteira esteja otimizada em relação às movimentações diárias do mercado.

Respeitando o seu perfil de investidor, a Warren Asset aproveita oportunidades do mercado para garantir uma performance ainda melhor nos seus investimentos.

abrir conta warren carteiras

Carteira editada: a carteira com a sua cara

Caso você sinta segurança para construir uma carteira do seu jeito, você pode tomar as rédeas do “cardápio” de produtos em uma carteira, editando os fundos e títulos que serão incluídos nela.

Uma carteira editada é resultado de dois processos que você pode fazer em nossa plataforma pelo desktop ao criar uma carteira: a edição avançada e a criação de carteira por conta própria.

Edição avançada

A edição avançada é interessante caso você queira fazer alterações pontuais em uma sugestão dada pela Warren no momento em que você cria uma carteira.

Por meio dela, você consegue editar o peso dado a cada ativo, e também excluir ou adicionar outros produtos.

Para entender como realizar a edição avançada, clique e confira este passo a passo em nosso FAQ.

Criação de carteira por conta própria

Você também pode “pular” o passo a passo clássico de criação de carteira da Warren e ir direto para a montagem de uma carteira por conta própria, em que você escolherá os produtos logo no início.

Para entender como montar uma carteira por conta própria, clique e acesse um post especial que preparamos em nosso blog sobre esta modalidade.

Um lembrete importante

Carteiras editadas não contam com a gestão ativa da Warren Asset. Por isso, utilize estas modalidades de edição e criação apenas se você sentir segurança em fazer as escolhas da composição da carteira.

Entenda quanto você paga para investir em carteiras na Warren

Em todas as modalidades de carteiras da Warren, você paga uma taxa única, que varia entre 0,5% e 0,7%. Esta taxa única representa o nosso compromisso com a transparência. 

Não trabalhamos com o modelo comissionado, marcado pelo conflito de interesses no mercado financeiro. Ao cobrar uma taxa única, trazemos aos investidores brasileiros a chance de investirem pelo modelo fee-based

Assim, você tem a certeza de que os produtos sugeridos por você não estão em sua carteira somente porque recebemos uma comissão por eles.

Recomendamos que você clique e leia este post sobre os planos da Warren, para você entender melhor qual faixa de cobrança é contemplada a partir do tamanho do seu patrimônio.

E também convidamos você a ler nosso artigo sobre o Modelo Warren, onde explicamos a fundo os pilares que marcam a experiência livre de conflito de interesses que entregamos para todos os nossos clientes.

Para continuar a leitura e conhecer melhor a Warren, recomendamos outros artigos em nosso blog:

Banner reserva 2