O home broker é uma plataforma oferecida por financeiras do Brasil para conectar seus clientes ao edital eletrônico do mercado de capitais.

Ele é utilizado como instrumento de negociação de valores mobiliários (como ações e outros ativos financeiros), permitindo o envio de ordens de compra e venda pelo site da corretora.

Estima-se que, atualmente, no país, mais de 200 mil pessoas utilizam esse sistema. Seu início data de 1999, quando, por iniciativa da BOVESPA (a bolsa de valores brasileira, que hoje se chama B3), três corretoras lançaram simultaneamente o serviço a todos os interessados ​​em investir no mercado de valores mobiliários do Brasil.

O seu nome vem de home banking, nome dado em outros mercados aos serviços que permitem ao cliente ter acesso aos serviços de um banco remotamente.

Assim, o termo home broker refere-se ao serviço de acesso ao mercado de capitais “a partir de casa”.

Como funciona o home broker na prática?

Para investir na bolsa de valores, é necessário algum tipo de intermediação. É para isso que existem as corretoras: são elas que fazem essa conexão entre os investidores e os ativos negociados na bolsa.

Antigamente, essa intermediação era feita por telefone, na própria bolsa de valores, no que se chamava de pregão “viva-voz”. Operadores executavam suas ordens de compra e venda em meio a gritos e gestos.

Com os avanços tecnológicos, esse modelo caiu em desuso em praticamente todas as bolsas de valores espalhadas pelo mundo, e essa intermediação passou a se dar por meio de um sistema de negociação online, o home broker.

Hoje em dia, é ele que permite a comunicação entre o cliente, a corretora e a bolsa de valores.

É normal que cada corretora tenha o seu próprio home broker. Assim, quando um investidor realiza uma ordem de compra ou de venda, quem recebe o pedido de enviar para o sistema de negociação da B3 é a respectiva corretora na qual ele possui conta.

Funcionalidades do Home Broker

Há diversos home brokers no mercado, cada um com suas particularidades. Mesmo assim, as funcionalidades básicas geralmente são as mesmas.Entre elas, estão:

  • Cotações em tempo real: na plataforma, é possível ver as cotações de todas as ações em tempo real.
  • Compra e venda de ações: o home broker deve permitir que a compra e venda de ativos pela internet seja realizada de maneira rápida e fácil.
  • Acompanhamento de pedidos de ordens: pelo home broker é possível que o investidor acompanhe seus pedidos para saber se as ordens já foram executadas.
  • Dados administrativos: esta função permite ao investidor acompanhar as ações que estão em sua carteira e também o seu saldo.