O que é memecoin  

Memecoin, também por vezes escrito como “meme coin”, é um termo associado a criptomoedas cujo nome, surgimento ou popularização está relacionado a algum meme, ou seja, uma piada viral na internet. O termo deriva da combinação entre meme (piada viral na internet) e coin (moeda).

Para entender melhor o contexto das memecoins, cabe explicar que o mercado de criptoativos, uma vez dominado pela primeira criptomoeda do mundo, o Bitcoin, hoje já conta com mais de 10 mil moedas. 

Essas moedas são criadas e batizadas de acordo com o gosto dos seus criadores, sem que obedeçam alguma regra de nomenclatura do mercado. É por isso que algumas delas adquirem nomes engraçados ou que remetem a algum meme na internet.

SAIBA MAIS | Conheça as 10 maiores criptomoedas do mundo

Características das memecoins

Inspiradas por memes e piadas na internet, as memecoins são bastante diversas entre si, mas possuem algumas características em comum.

Forte apoio de comunidade online

É justo afirmar que por trás da popularização de cada memecoin há uma forte comunidade online de fãs. 

Nesse sentido, como bem pontua o portal Binance Academy, é comum que a cotação de uma criptomoeda considerada memecoin seja influenciada pela empolgação destes grupos que se organizam por meio de redes sociais.

Alta volatilidade

O mercado de criptoativos já é altamente volátil. Descorrelacionadas de qualquer política monetária, as criptomoedas obedecem o sentimento do mercado e seus desejos de compra e venda.

A volatilidade pode ser ainda maior no caso das memecoins, já que suas cotações costumam disparar ou despencar rapidamente, influenciadas pela viralização nas redes sociais. 

Alvo de críticas

Por mais que não estejam associadas a políticas monetárias governamentais, muitas criptomoedas possuem regras de funcionamento que ajudam a trazer mais previsibilidade para os investidores. 

O Bitcoin, por exemplo, tem um limite máximo de criptomoedas que podem ser criadas, o que afasta o risco inflacionário da sua cotação.

Muitas memecoins, no entanto, são criadas ou popularizadas simplesmente por conta do fator humorístico do seu nome. É comum que, entre elas, falte o estabelecimento de fundamentos sólidos que garantam uma maior sofisticação na sua precificação. 

Isso leva a certas memecoins se tornarem alvo de críticas do mercado, sendo vistas como ativos “menos sérios” por alguns investidores.

Dogecoin: a memecoin mais famosa do mundo

Criada em 2013, pelos engenheiros de software Billy Markus e Jackson Palmer, a Dogecoin é considerada a primeira memecoin, e é também a mais popular delas. 

Seu nome e símbolo são inspirados no meme “doge”, que dominou a internet no mesmo ano depois da viralização da foto de um cão da raça Shiba Inu com uma expressão desconfiada.

Além das diversas montagens humorísticas com o retrato do cão, o meme rendeu uma criptomoeda.

Apesar de ter surgido em um momento de grande desinformação e ceticismo com relação aos criptoativos, não demorou muito para que a Dogecoin se tornasse uma via popular e amigável para a entrada no mercado de criptomoedas.

Gostou do conteúdo? Continue aprendendo sobre os termos do mercado financeiro aqui no Mercado de A a Z: