Quem é Henrique Bredda  

Henrique Bredda é um dos gestores de investimentos mais conhecidos do país. Engenheiro de formação, ele é sócio-fundador do Alaska Asset Management, um dos fundos de investimentos mais rentáveis do Brasil.

Essa rentabilidade fez com que Bredda, que se tornou um dos empresários mais famosos do cenário nacional, se destacasse no mercado financeiro.

Apesar da formação em engenharia na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), atuou pouco tempo como engenheiro. Bredda também teve uma passagem profissional como analista de crédito no Banco Itaú.

Após a experiência de mercado financeiro e análise de empresas adquirida na passagem pelo banco, foi para a Spinnaker Capital Group em 2005, e começou sua trajetória como analista de equity.

Bredda ajudou a fundar a Skipper Investimentos em 2010. Até o final de 2011, trabalhou como analista, e, a partir de 2012, tornou- se gestor do fundo de ações da empresa.

O fundo que gerenciava durante o seu primeiro ano como gestor obteve rentabilidade de 38%, um resultado muito bom quando relacionado ao mercado e à situação macroeconômica vivida pelo Brasil no período.

Em 2013, o profissional juntou-se ao time da VentureStar Capital Management e passou a gerir os investimentos em renda variável da empresa.

A Alaska Asset Management

A Alaska Asset Management surgiu na metade de 2015. A gestora foi uma ideia de Luiz Alves Paes Barros, um dos grandes investidores do mercado nacional.

A premissa era gerir somente capital de pessoas próximas ao grupo de sócios fundadores, mas o contato de Luiz Alves com Bredda possibilitou à gestora ir mais adiante.

O contato entre os investidores, que aconteceu em 2015, foi assessorado por uma parceira de Henrique, Angela Freitas, que também se tornou parte do negócio. O nome Alaska, inclusive, é um acrônimo para Angela, Luiz Alves e Skipper.

Desde então, a Alaska Asset Management dirigida por Henrique Bredda foi uma das gestoras que mais cresceu no Brasil. Para se ter uma ideia, um dos fundos da gestora, o Alaska Black Master BDR Nível I FIA, teve ganhos de 129% em 2016, 63% em 2017 e 30% em 2018. Uma soma que representa ganho acumulado de 222% em 3 anos.

Magazine Luiza e Henrique Bredda

Um dos cases de sucesso do investidor é a Magazine Luiza. Em 2015 a empresa vivia um dos seus piores momentos, com as ações em sua mínima histórica. Para se ter uma ideia, as ações da rede varejista chegaram a ser negociadas a R$ 0,12.

No entanto, de 2016 ao final de 2019, as ações da varejista foram de R$0,12 para R$47,67, resultado do trabalho de Bredda e da Alaska Asset Management.