Quando investir é sobre realizar sonhos de infância  

No mês da criança, reunimos algumas histórias de adultos que nunca desistiram dos sonhos das suas versões do passado.

Qual era o seu sonho de criança? 

O meu, colorada sofredora que cresceu nos anos 90, era ver o Internacional ganhar alguma coisa. Quis o destino (e um grupo inesquecível e imbatível de jogadores, claro) que eu tivesse o privilégio de estar no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, no dia da conquista inédita da Libertadores da América, em agosto de 2006.

Procurei, mas não encontrei uma foto deste dia. Não era, ainda, a época dos smartphones, mas lembro como se fosse hoje da emoção do apito final, de abraçar estranhos, das promessas sendo pagas imediatamente, das calçadas no entorno do estádio sendo pintadas de vermelho e branco na madrugada e de muitas lágrimas.

Encontrei um registro do bi-campeonato, quatro anos depois. Enxergo, no meu sorriso, o meu ‘eu’ criança faceiro e que com certeza esfregaria as duas taças na cara dos coleguinhas que tanto debochavam do ‘inter-regional’.

E você, que sonho de infância já conseguiu realizar?

Na primeira edição de outubro da newsletter Warren Pills, nosso produto de conteúdo semanal, leve e descomplicado, foi lançado um concurso cultural sobre sonhos de infância. 

Aproveitando o gancho do Dia das Crianças, perguntamos aos nossos leitores: qual sonho de infância você já conseguiu realizar?

As histórias que chegaram foram incríveis: das simples e brilhantes como “comer um pote inteiro de achocolatado” às mais complexas e emocionantes, como “voltar no tempo sendo criança novamente junto ao meu filho”. 

Ao final do concurso, selecionamos as respostas mais criativas para presentear nossos clientes com alguns mimos aqui da Warren. E agora convidamos você a conferir abaixo os depoimentos vencedores.

Vamos lá?

“Voar alto”, por Victor

“Eu sonhava em pilotar aviões. Achava fascinante e desafiador. Mais tarde, descobri que há um desafio ainda maior para construí-los. Hoje, sou projetista de aeronaves. Sonhe alto!”

“Subir na Torre Eiffel”, por Samara

Conhecer Paris. Me imaginava subindo na Torre Eiffel, passeando pelo Louvre e tomando um chocolate quente com croissant. Eu consegui realizar esse sonho ano passado, depois de um longo planejamento e economizando por dois anos. Foi mil vezes melhor que nos meus sonhos! 

Me senti dentro de um conto de fadas. As músicas, os moradores, as padarias e cafés pareciam de filme. Foi como se a menininha que recortava tudo sobre Paris nas revistas e colava no caderno estivesse ali, vivendo aquele sonho.”

Viajar no tempo, por Bill

“Meu sonho de menino era conseguir voltar no tempo, e vocês devem se perguntar: “Como ele conseguiu isso?”. Simples, há pouco mais de um ano eu tive o meu menino, e com ele eu voltei a ser criança, e ainda posso ensinar sobre tudo que não me foi ensinado, principalmente sobre investimentos!”

SAIBA MAIS | Como falar sobre dinheiro com as crianças?

“Seguir os passos da mãe”, por Larissa

“Minha mãe trabalhava com segurança de dados em um banco e eu achava incrível ligarem pra ela no meio da noite falando que tinha tido uma tentativa de um ataque hacker. Era algo que eu achava super emocionante e empolgante. Hoje trabalho com TI muito por influência disso!

“Inventor de reinventores”, por Felipe

“Sonhava em ser um inventor e ajudar as pessoas. Hoje, apesar de não ter um laboratório nem de sujar as mãos com graxa, me tornei professor e dou aulas para pessoas que estão mudando de carreira, ajudando-os a se reinventarem. Me tornei um inventor de reinventores!”

“Virar a Mulher Maravilha”, por Adriana

“Me tornei a Mulher Maravilha! Porque para ser mulher nesse país e conquistar espaço em lugares predominantemente masculinos tem que ser mulher maravilha mesmo. 

Mas também já conheci o RJ, já conheci Londres e pude comprar uma lata de achocolatado com meu próprio dinheiro. Esse foi um grande sonho de infância: sentar e comer uma lata de achocolatado, sem a mãe reclamar que eu estava comendo todo o achocolatado em uma vez só, que deveria durar um mês.”

LEIA TAMBÉM | O que é bem-estar financeiro? Conheça um conceito essencial para as suas finanças

“Conhecer a Disney”, Fabiano 

“Quando criança, vi uma propaganda da Disney na TV, onde mostrava aquela esfera do Epcot Center. Achei tão incrível e tão lindo que prometi que ainda iria. Consegui realizar esse sonho e, quando estava lá, fiz uma ligação de vídeo para meus pais, mostrando que aquilo era tão bonito como quando vimos na TV, há mais de 30 anos. 

Choramos juntos. Eles, por verem que o filho atingiu um objetivo de vida… Eu, porque realizei uma promessa a mim mesmo!”

Na Warren, seus sonhos são carteiras de investimentos

Sabia que toda a experiência da Warren com investimentos foi pensada para realizar os sonhos das pessoas

Primeiro, você estabelece suas metas e prazos. Então, receberá uma carteira diversificada para cada um dos seus objetivos, criada especialmente com base no seu perfil de investidor.

E como organizar e planejar objetivos tem ainda mais força quando são pensados com tempo, nada melhor do que começar desde cedo. 

Por isso, lançamos uma campanha especial para o mês das crianças. Vamos presentear os novos clientes que realizarem um aporte a partir de R$ 100 com R$ 50 em carteiras que visem o futuro de alguma criança. A ação vale até o dia 31 de outubro de 2021. 

Clique aqui para conferir os detalhes completos e ler o regulamento.

Para participar, basta realizar o cadastro na plataforma da Warren, via aplicativo ou web, e criar uma carteira com o nome de “#DDC21”. O prêmio será entregue até o dia 31 de janeiro de 2022, mas para isso, é preciso possuir R$ 100 ou mais na carteira para que o valor seja creditado. 

São muitos os objetivos e planos da infância que nós adultos ainda queremos realizar, então, aproveite para organizar e pensar neles e no das próximas gerações! 

Quer continuar a leitura? Conheça mais da Warren: