Warren x: entenda como funciona o time de especialistas da Warren dedicado aos clientes de alta renda  

A Warren é uma empresa formada por pessoas comprometidas em oferecer as melhores soluções de planejamento e investimentos, de acordo com seu momento de vida e seus objetivos.

Fazemos isso unindo tecnologia a um time robusto de especialistas em investimentos.

Hoje, vamos contar a você tudo o que oferecemos aos clientes do plano Warren x, que abrange os clientes de alta renda, cujo patrimônio investido é superior a R$ 300 mil. 

Para esta conversa, reunimos Guilherme Prado, líder do time dedicado aos clientes Warren x, Daniel Pinheiro e Felipe Beys, especialistas em investimentos CFP®.

Entendendo o time de Warren x

Mais de 40 pessoas integram esse time hoje na Warren, distribuídas em nove escritórios do país.

Esse time é responsável por cuidar de um patrimônio superior a R$ 3 bilhões — e a expectativa é ultrapassar os R$ 6 bilhões até o final de 2022.

Todo o time é formado por analistas e especialistas de investimentos com, pelo menos, uma das seguintes certificações:

  • CEA: emitida pela Anbima, essa certificação é obrigatória para quem deseja assessorar pessoas físicas em investimentos. Ou seja, todos os especialistas de investimentos da Warren são, no mínimo, qualificados com esta certificação.
  • CFP®: esta é uma certificação internacional, que prepara o profissional para desenvolver competências de planejador financeiro pessoal. No Brasil, quem emite a certificação é a Planejar, Associação Brasileira de Planejamento Financeiro.

O especialista planejador financeiro na Warren é responsável por cuidar e auxiliar os clientes em todas as etapas do planejamento financeiro, compreendidas em planejamento sucessório, tributário, gestão de investimentos, de patrimônio e de riscos.

“É a partir do entendimento da existência e da importância de cada uma dessas etapas na vida da pessoa que planejamos e sugerimos as soluções de investimentos adequadas, com foco nos objetivos de cada um”, sentencia Guilherme.

Guilherme Prado, líder do time Warren x.

A seguir, você vai entender como se dá a relação entre os especialistas de investimentos com os clientes.

LEIA MAIS | Warren é a maior gestora em número de carteiras administradas do Brasil

O contato com o cliente 

Na primeira conversa, o especialista de investimentos dedica-se ao que chamamos de diagnóstico da vida financeira do investidor. Daniel detalha a profundidade dessa conversa. 

“Entendemos onde esse cliente está hoje, como é a sua estrutura familiar, qual é a renda, o que pensa em fazer com o dinheiro, qual o perfil do investidor, se é mais conservador ou arrojado, quanto ele quer acumular lá na frente, se ele quer ter uma renda passiva, se quer deixar dinheiro para os filhos, entre outros pontos”.

Daniel Pinheiro, especialista em investimentos CFP.

Essa etapa traz insumos para a criação da carteira de investimentos do cliente — vamos explicar esse ponto logo adiante.

Passada a etapa da construção da carteira, o papel do especialista é manter-se próximo ao cliente, garantindo que as melhores oportunidades de investimentos são acessadas pelo investidor. 

Por exemplo, se um fundo exclusivo é aberto para novos cotistas, cabe ao especialista entender para quais de seus clientes o produto é adequado.

“Quando um investidor com perfil Warren x entra na Warren, fazemos tudo para que ele possa focar na vida pessoal e no trabalho, e deixar a sopa de letrinhas do mercado financeiro sob nossa responsabilidade”, pontua Guilherme.

Felipe conta que o vínculo e o cuidado com o cliente faz com que a relação transcenda os investimentos. 

“Às vezes, nossas conversas são sobre produtos financeiros externos. A pessoa quer saber se ela deve ou não financiar uma casa, por exemplo, e conta com a gente porque sabe que a nossa visão sobre o todo da vida dela é importante para aquela decisão. Ou seja, você deixa de ser referência apenas em investimentos e passa a ser referência para tudo o que se refere à vida financeira da pessoa”, observa.

Felipe Beys, especialista em investimentos CFP.

Solução completa para cada investidor

Após o diagnóstico financeiro, é feita a sugestão do portfólio de produtos que irá compor as carteiras de investimentos, junto ao time de Alocação da Warren.

“Esse momento é a consolidação do nosso diagnóstico sobre a vida do cliente e como eles se traduzem em objetivos de investimentos”, resume Daniel.

Além de fundos de renda fixa e renda variável, tanto próprios quanto de outras renomadas casas do país, o cliente Warren x tem acesso a soluções em seguros, fundos de previdência, serviços internacionais e serviço de Family Office.

Family Office, para você entender, é um serviço profissional de administração e gerenciamento diário dos investimentos de uma família. Através dele, é possível estruturar fundos exclusivos, fundos restritos e carteira administradas. Na Warren, este serviço é oferecido aos clientes Warren x com patrimônio a partir de R$ 5 milhões

Além do acesso a fundos de investimentos exclusivos, o serviço de Family Office auxilia esses clientes nas definições sobre o patrimônio aplicado não apenas na Warren, mas também em outras casas, a partir de uma visão consolidada. Saiba mais sobre este serviço.

LEIA MAIS | Warren adquire consolidador de investimentos Meuportfolio 

Sem conflito de interesses

O sucesso da jornada do cliente é intrínseco à relação que se estabelece entre ele e o especialista. 

Essa relação precisa ser pautada na confiança, que se constrói a partir do alinhamento de interesses e da transparência.

E quando o assunto é alinhamento de interesses, para entender a sua importância, precisamos trazer um contexto sobre o mercado de investimentos — um espaço conflitado.

Os bancos e a maior parte das corretoras atuam no modelo comissionado, ou seja, prevêem comissão aos gerentes ou assessores a partir da venda de produtos.

O problema desse modelo, explica Felipe, é que na hora de sugerir as soluções, o assessor pode fazer sugestões que estão desalinhadas com os objetivos do cliente, mas alinhadas ao interesse do gerente ou assessor. 

“A comissão sobre o produto é imediata, mesmo quando o vencimento é no longo prazo. O cliente investe em um produto ruim que vence daqui a 10 anos, o que compromete o seu patrimônio mas atende aos interesses imediatos do assessor — e, às vezes, o cliente nunca fica sabendo disso”, revela o especialista.

Para agravar a situação, grande parte das instituições financeiras incentivam a venda de produtos mediante campanha de produtos (“produto do momento”), e parte dos bônus financeiros pagos pelas instituições leva em consideração a receita gerada pelos gerentes ou assessores.

Diferentemente do que ocorre no mercado, a Warren atua no modelo chamado 3.0, que é livre do conflito de interesses. 

“Pode parecer um absurdo, mas infelizmente o modelo comissionado, já proibido em boa parte do mundo, ainda predomina no Brasil”, pontua Daniel.

O modelo 3.0, adotado pela Warren, é sem comissões.

“Somos pioneiros no país em aplicar um modelo que prioriza o investidor e seus objetivos. Todas as recomendações são pautadas no que é melhor para o cliente”, ressalta Guilherme.

Daniel complementa que a escolha do modelo de investimentos faz a diferença entre “o investidor atingir seus objetivos ou destinar boa parte do seu patrimônio em comissões”.

Está claro para você a importância de investir com uma empresa que prioriza você e seus objetivos?

Saiba as vantagens de fazer a portabilidade do seu patrimônio para a Warren.

LEIA MAIS | Warren leva conflito de interesses para o dia a dia das pessoas em nova campanha 

De especialista para a especialista

Este último tópico é dedicado aos profissionais especialistas de investimentos de todo o país.

Em 2022, a Warren deve aumentar o seu quadro de profissionais desta área.

Se você deseja fazer parte de um time que se dedica, genuinamente, em ajudar os brasileiros a investirem bem e alcançarem seus objetivos, sem conflito de interesses, a Warren é para você.

Como mencionado acima, operamos num modelo livre de comissões, desafiando o mercado de investimentos — um espaço conflitado que pressiona a venda de produtos visando apenas o lucro. 

Felipe, um dos especialistas depoentes deste conteúdo, está há 23 anos no mercado financeiro.

Antes de integrar o time da Warren, há quatro anos, ele atuou como executivo em bancos e foi também agente autônomo, com escritório próprio.

“Muita gente sai do banco e abre o próprio escritório, assim como eu fiz. No fim do dia, as angústias são as mesmas. O profissional pode até ter uma sensação de liberdade e independência pessoal, mas não está libertando seus clientes de um modelo conflitado porque continua olhando para os produtos conforme a remuneração”, declara.

Para ele, aderir ao modelo da Warren é a melhor escolha para o cliente e também para o profissional.

“Seu trabalho fica mais leve porque você está livre da pressão da venda pela venda”.

Além do diferencial da Warren em optar por um modelo de investimentos transparente, oferecemos a vantagem de o especialista poder se tornar sócio da empresa. As indicações são anuais. 

Há outro diferencial — este, ligado à cultura da Warren.

Guilherme, que está na Warren há cerca de seis meses, compartilha sua percepção sobre este aspecto.

“É um ambiente acolhedor, onde as pessoas podem expressar suas ideias, onde as relações são pautadas pelo respeito. Além disso, trabalhamos tendo clareza sobre o nosso propósito e acreditamos nele. Isso tudo se reflete na relação com os clientes. A gente consegue se conectar com eles de uma forma muito mais próxima e verdadeira”, finaliza.

Se você se identifica com essa ideia e quer fazer parte do time de especialistas da Warren, acesse a nossa página de carreiras e candidate-se.


Com base no seu interesse por este conteúdo, temos outras recomendações para você: