Banco de investimento: entenda o que é, veja como funciona e descubra se vale a pena

Para que serve um banco de investimento? Entender o que é e como funciona o sistema bancário é essencial para investir o seu dinheiro ou pegar empréstimo se você precisar.

Apesar de já termos muita informação sobre investimentos na internet e também em livros, esse ainda é um assunto que confunde as pessoas.

Afinal, existem muitas siglas que envolvem os investimentos, tais como, CDB, CDI, LCI, LCA e etc. 

Nesse artigo você vai saber tudo sobre os bancos de investimento e se compensa investir neles

Vamos lá?

O que é um banco de investimento?

O que é um banco de investimento, ilustração

O banco de investimento é uma instituição financeira privada, ou seja, que não depende de recursos do Governo Federal. Em geral, qualquer pessoa física ou jurídica pode realizar aplicações nos diversos produtos financeiros que esses bancos oferecem, desde que as condições individuais de cada banco sejam acatadas.

Mas, por que é importante investir o seu dinheiro? 

Se pensarmos a longo prazo, ter um patrimônio investido traz segurança e estabilidade para o futuro.

Sua meta, então, é escolher os investimentos que trarão mais rentabilidade, segurança e liquidez, para que os objetivos sejam alcançados.

Além de realizar investimentos, esses bancos também fazem empréstimos e administram recursos de terceiros.

Mas você sabe exatamente como funciona um banco de investimento?

descomplicou abrir conta

Como funciona um banco de investimento?

Como funciona um banco de investimento, ilustração

Os bancos de investimento não recebem depósitos em contas e nem captam recursos como os bancos tradicionais. 

Quando uma pessoa investe o seu patrimônio nessas instituições, elas utilizam os investimentos dos clientes para fazer o dinheiro render, respeitando os interesses dos investidores.

Os títulos de investimento disponíveis nesses bancos são de renda fixa e variável, de acordo com a necessidade do cliente. 

Que operações são realizadas por um banco de investimentos?

Os bancos realizam diversas operações de investimentos, como vimos no tópico anterior. Os recursos são captados por meio de diferentes aplicações:

  • Assessoria financeira
  • Administrar o capital de terceiros
  • Aprovar e conceder empréstimos
  • Emitir títulos bancários e de investimentos
  • Financiamentos

LEIA TAMBÉM | Carteira de investimentos: o que é, como funciona e como montar a ideal para você 

Quem regula os bancos de investimentos?

A segurança dos investimentos é prioridade em todas as instituições e transações realizadas diariamente.

Portanto, uma das dúvidas que mais surgem entre os clientes é: quem regulamenta os bancos de investimento?

Primeiramente, o Banco Central do Brasil (BACEN) e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), são os órgãos responsáveis por ditar as regras do mercado financeiro.

Podemos citar também a Superintendência de Seguros Privados (Susep), a B3, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e a Anbima. 

VEJA MAIS | Asset management: o que é e como funcionam as empresas da área 

Por que os bancos de investimento surgiram?

Os bancos de investimento surgiram para dar a opção às pessoas que desejam investir o seu dinheiro de forma fácil, segura e rentável.

Até mesmo os bancos digitais têm se destacado ao oferecerem produtos financeiros mais acessíveis aos correntistas.

É assim que as instituições financeiras voltadas para os investimentos passaram a se destacar no mercado.

LEIA TAMBÉM | Melhor Corretora para Iniciantes: aprenda como escolher a ideal 

Qual a diferença entre banco de investimento e banco comercial?

Quanto mais o mercado evolui, mais conseguimos perceber a diferença entre uma instituição que facilita o investimento e outra que se mantém no âmbito comercial.

Isso se deve ao fato de que as pessoas têm mais acesso à internet e acabam tendo mais informações sobre investimentos.

Por isso, é mais fácil enxergarmos as diferenças entre um banco de investimento e um banco comercial. 

Confira as principais entre esses dois bancos:

Banco Comercial Banco de Investimento
Realiza serviços bancários, tais como aceitar depósitos, realizar empréstimos, pagamentos e etc.Trata-se de uma instituição financeira que oferece títulos de investimentos, serviços de corretagem e etc.
Serviço padronizado e tradicionalServiços direcionados aos investimentos do cliente
Promove o crescimento econômico da nação e atender a demanda por créditoEstá associado com o desempenho do mercado financeiro
Possuem milhões de clientes, os serviços estão voltados para todos os cidadãos Possui um número delimitado de clientes (sejam indivíduos, Governo e corporações) que se interessam por investimentos
Arrecadam recursos através de taxas e juros Captam recursos através de taxas, comissões e lucros dos investimentos

Analisando essa tabela, podemos destacar que o banco de investimento serve como intermediário entre a instituição e o seu dinheiro. 

Os bancos comerciais servem como instituições que atendem as atividades corriqueiras dos cidadãos, tais como depósitos bancários, pagamentos de contas, etc.

Qual a diferença entre banco de investimento e corretora de valores?

Qual a diferença entre banco de investimento e corretora de valores, ilustração

O banco de investimento e a corretora de valores possuem um ponto em comum: intermediar os investimentos de seus clientes.

Mas há diferenças entre as duas instituições que precisam ser pontuados neste artigo:

Corretoras Bancos de investimento
São especializadas em investimentos e produtos relacionados ao planejamento financeiro, como previdência privada e seguros de vidaTrabalham com investimentos, mas também com conta-corrente, poupanças, empréstimos, financiamentos e cartões de crédito 
Dependendo do valor investido, possuem um assessor que auxilia nas decisões de investimentoConta com um gerente que fica responsável por uma cartela grande de clientes
Tende a oferecer produtos financeiros de inúmeras empresas, instituições financeiras e gestoras.Tende a oferecer aplicações que ele mesmo emite
Podem oferecer produtos mais rentáveis e arrojados, devido à diversificação de aplicações à disposição Têm menos opções de investimento e por isso há menos flexibilidade na montagem do portfólio

Banco de investimento vale a pena?

É impossível afirmar se um banco de investimento é a melhor opção para você, sem saber de qual banco estamos falando e sem conhecer as suas necessidades de investimento.

O fato é que, para descobrir isso, você precisa estar atento a um fator muito importante: o modelo de remuneração do banco em questão.

A maior parte dos bancos de investimento e também das corretoras trabalha com o modelo commission-based, no qual o banco é remunerado por comissões embutidas nos produtos oferecidos aos clientes.

É aí que surge o conflito de interesses, porque o cliente não tem como saber se a sugestão é a melhor opção para o seu perfil de investidor, ou é a que vai remunerar melhor o banco ou corretora em questão.

Além disso, é importante avaliar o atendimento que o banco disponibiliza e as restrições que ele impõe para novos clientes.

É comum que bancos de investimentos aceitem apenas grandes investidores, exigindo um valor mínimo para investimento.

A Warren não é um banco de investimentos, mas é a primeira corretora do Brasil sem nenhum tipo de conflito de interesses, onde você pode investir para o seu futuro com base nos objetivos de vida.

Funciona assim: você define objetivos e a Warren sugere a melhor carteira para você, com base nas suas necessidades de liquidez e respeitando o seu perfil de risco.

A garantia de que esses são os melhores produtos está no fato de que a Warren não recebe nenhum valor por meio de comissões: é remunerada por uma taxa única em relação ao valor investido.

Por isso, a Warren do seu lado, com o mesmo objetivo: fazer o seu dinheiro render para realizar seus sonhos.

Quer conhecer a Warren? Abra sua conta em minutos e comece a investir.

Se você gostou do artigo, talvez também se interesse por: