O que é Family Office  

Family office é a classificação que se dá a uma empresa ou organização que assume a administração e o gerenciamento diário dos negócios de uma família. Geralmente, este tipo de administração é voltada para famílias com muitos bens e patrimônios ou proprietárias de grandes negócios.

Como funciona um family office na prática?

Um family office deve ser capaz de fornecer à família para a qual trabalha diversos serviços, como:

  • Trabalho de conformidade tributária;
  • Acesso a serviços bancários privados e fiduciários;
  • Gestão de documentos e serviços de manutenção de registros;
  • Gestão de despesas;
  • Pagamento de contas;
  • Serviços de contabilidade;
  • Educação financeira de membros da família;
  • Serviços de apoio à família e governança familiar aos seus clientes.

Um consultor de family office irá auxiliar no que diz respeito ao patrimônio líquido da família, mas também poderá ajudar no gerenciamento do grupo empresarial de seu cliente.

Essa consultoria tem como objetivo contribuir com o crescimento econômico do seu cliente, e um family office fará isso avaliando cenários, investimentos, riscos e oportunidades.

Um family office normalmente exige uma quantia mínima de patrimônio para poder realizar seus serviços. No Brasil, esse valor gira em torno de R$100 milhões.

Tipos de Family Office

Há dois tipos de Family Office:

  • Single-family office;
  • Multi-family office.

O single-family office é uma estrutura que atende somente a uma família. Esta modalidade é criada pela própria família com o objetivo de ter toda exclusividade em um serviço que atenda a todas as suas necessidades. No single-family office, o serviço pode ficar mais caro, uma vez que a família é responsável por desenvolver toda a estrutura. 

Já o multi-family office oferece um serviço padrão a várias famílias. Esta opção é diferente da primeira porque é uma empresa privada (não da família) e não exclusiva, apesar de apresentar soluções personalizadas.

O multi-family office ainda pode ser subdividido em dois tipos: os que investem e os que monitoram. No caso dos que investem, o family office decide junto à família a estratégia de investimento. Ele também será o responsável por executar a estratégia decidida. 

Quando o multi-family office não é o responsável por executar a estratégia, ele ajuda a defini-la juntamente com a família, e a repassa para que bancos, gestores de fundos ou gestores de ativos independentes invistam e monitorem a execução da estratégia.